04/10/2018

Os desafios da indústria diante do absenteísmo e as soluções inovadoras para lidar com o tema nortearam o Workshop para Inovação na Gestão do Absenteísmo, realizado pelo SESI PE, no dia 3 de outubro, na Casa da Indústria. O termo absenteísmo define o afastamento do funcionário de suas atividades profissionais devido a problemas de saúde ou incapacidade.
 
Para tratar metodologias e caminhos inovadores para sua prevenção, o SESI PE trouxe os psicólogos André Luna e Cléia Dórea, e a enfermeira do Trabalho Inez Leão, todos do Centro de Inovação de Prevenção e Incapacidade do SESI, na Bahia. O trio ministrou o workshop para representantes de RH de indústrias pernambucanas, que foram recebidos pelo superintendente do SESI PE, Nilo Simões: “Reunimos todos aqui para descobrirmos juntos como apoiá-los na identificação de demandas relacionadas à gestão dos afastamentos e auxiliá-las na identificação de possíveis soluções inovadoras para superar os afastamentos e a incapacidade para o trabalho”.
 
Durante o workshop, os participantes tiveram a oportunidade de revisar os principais conceitos da incapacidade, articulando com a proposta de atuação do SESI. Nas rodadas de discussão, foram levantados os desafios e problemas vivenciados pelos empresários, ao mesmo tempo em que eram apresentadas soluções atualmente aplicadas.
 
O absenteísmo é um aspecto do ambiente corporativo que deve ser tratado por meio da mobilização de todos os agentes envolvidos. Como afirmou o psicólogo André Luna, “a prevenção não surtirá efeito se as engrenagens envolvidas no processo não interagirem. As possibilidades de comunicação entre as partes, inclusive, são possibilidades de ganhos de produtividade. O RH e os gestores precisam estar em sinergia com supervisores, médico do trabalho, colegas de trabalho e, principalmente com o trabalhador com risco de afastamento ou já afastado”.

​​