17/07/2019

​Conhecido pelo modelo de educação inovador, o SESI-PE classificou 156 estudantes para a 2ª fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). No Grande Recife, foram aprovados 121 alunos, sendo 42 da unidade de Paulista, 15 do Ibura, 12 de Moreno, 12 do Vasco da Gama, 10 de Goiana, 10 do Cabo de Santo Agostinho, 10 de Escada e 10 de Camaragibe. Já no interior, foram classificados 17 estudantes da unidade de Caruaru, 12 de Petrolina e 6 de Araripina.

A próxima etapa do exame, destinado às escolas públicas e privadas para estimular o estudo da matemática e identificar talentos na área, está marcada para o dia 28 de setembro e será prova discursiva composta de seis questões dissertativas e diferenciadas por níveis de acordo com grau de escolaridade: nível um (6º ou 7º ano do Ensino Fundamental), nível dois (8º ou 9º ano do Ensino Fundamental) e nível três (Ensino Médio).

Para o Gerente de Educação do SESI-PE, Michael Groarke, o excelente índice de classificados da instituição é reflexo da dedicação dos alunos somado ao modelo de ensino STEAM, que une Ciências, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática. "Está presente no DNA do SESI estimular o estudo da matemática, bem como as demais disciplinas de exatas, e preparar os jovens, diariamente, para grandes desafios escolares, como a OBMEP. Temos a certeza que o alto nível educacional oferecido nas nossas escolas faz a diferença na mão-de-obra do setor produtivo", disse.

Os resultados da OBMEP serão divulgados no dia 3 de dezembro e, no total, 7.475 alunos serão premiados com medalhas (575 de ouro, 1.725 de prata e 5.175 de bronze). Também serão distribuídas cerca de 51.900 menções honrosas e todos os jovens medalhistas serão convidados para participar do Programa de Iniciação Científica (PIC Jr.). Em 2018, mais de 18 milhões de alunos de participaram da Olimpíada.