06/12/2017

SESI BONECOS DO MUNDO 2017 volta ao Recife

 

O maior festival de teatro de bonecos da América Latina está de volta ao Recife depois de um hiato de cinco ano. Em cena, estarão companhias de nove países – Peru, Hungria, Rússia, Alemanha, Itália, França, Portugal, Coreia, além do Brasil. Entre os estrangeiros, merece destaque o grupo francês Plasticiens Valants, que participa pela primeira vez do festival. Outro ponto alto da programação é o espetáculo "Alice Live", com a banda Pato Fu e o grupo Giramundo. O Sesi Bonecos acontecerá de 6 a 10 de dezembro, no Teatro de Santa Isabel e no Parque Treze de Maio. É totalmente gratuito e tem o patrocínio do SESI.

 

Essa edição faz, ainda, uma homenagem especial ao mamulengo, como patrimônio imaterial da cultura brasileira, cujo ponto alto é uma exposição com quase 300 bonecos. Boa parte deles do acervo de Magna Modesto, umas das maiores pesquisadoras brasileiras sobre o tema. Mas também estarão expostas verdadeiras relíquias cedidas por mestres mamulengueiros.

 

O Sesi Bonecos é um trabalho de resgate e valorização da arte de manipulação de títeres que entra na sua 13ª edição. Já percorreu literalmente os quatro cantos do país, sendo aplaudido de 2,2 milhões de pessoas. Esteve no Recife pela última vez em 2012, quando foi visto por 72 mil pessoas.  "O festival está estruturado a partir de quatro pilares: conteúdo inteligente; conteúdo para todas as idades (não apenas para crianças); diálogo com as linguagens tradicional e contemporânea; e diversidade de técnicas", detalha Lina Rosa, idealizadora do projeto.

 

As apresentações acontecem em dois espaços diferentes. Da quarta, 6, a sexta, 8, o público assistirá aos espetáculos no Santa Isabel.  "Esse teatro é um espaço muito diferenciado, reconhecido por grandes nomes das artes cênicas dentro e fora do País. Então, para nós, é mais que natural que acolha o teatro de bonecos", defende Lina Rosa, observando ainda que trata-se do resgate do espaço público para o público na sua melhor expressão. Para as apresentações no teatro, é necessário retirar o ingresso gratuitamente a partir das 12h do dia da apresentação. Serão distribuídos dois ingressos por pessoa.

 

No sábado, 9, e no domingo, 10, as apresentações acontecem no Parque Treze de Maio. O Espaço estará completamente transformado para o festival. A programação começa às 16h com espetáculos que interagem diretamente em meio ao público. Haverá, ainda, um espaço especial para os mamulengueiros, a Praça dos Mamulengos. A estrutura é composta também por três palcos e uma ampla sala de exposição. "Já é uma marca registrada do festival: retiramos os bonecos dos pequenos espaços onde normalmente ocorrem as apresentações e os transportamos para uma superestrutura de luz e som", diz Lina.