30/11/2016

Sucesso na gestão de processos do SESI vira modelo para entidades


Os resultados positivos que o SESI/PE conquistou com a adoção da metodologia BPM, sigla inglesa para gerenciamento de processos de negócios, atraíram a atenção da Federação das Indústrias da Paraíba (Fiepb) e da Secretaria de Educação de Pernambuco (SE-PE). Em busca de aperfeiçoar o desempenho, essas instituições realizaram, no final de outubro e deste mês, respectivamente, um benchmarking com a Unidade de Gestão Estratégica (Unigest) do SESI/PE.

“Tivemos a oportunidade de aprender novas estratégias, dirimir dúvidas e observar como implantar o ciclo do BPM, na prática, pode ser uma alternativa viável e exitosa para o sucesso empresarial”, avaliou o analista corporativo da Fiepb, Alexandre Barros.

Já a gerente geral de Tecnologia da Informação e Comunicação da SE-PE, Bruna van der Linden, lembrou a troca de experiências nas estratégias adotadas para o mapeamento dos processos, o compartilhamento das lições aprendidas, a definição das políticas de validação, homologação e atualização dos processos mapeados, bem como, as tecnologias utilizadas para armazenamento e disponibilização das informações. Ao final, ela destacou que "o encontro foi bastante rico para Educação, o trabalho de vocês foi excelente e já está colaborando com o nosso”.

As visitas ocorreram após o SESI/PE apresentar sua experiência no 80º BPM Day, evento referência nacional em gestão de processo, que aconteceu dia 18 de outubro, na Casa da Indústria, realizado pela Associação dos Profissionais de Gestão de Processos de Negócios de Pernambuco.