27/11/2014

Seminário prepara alunos do SESI para mercado de trabalho

 

Duzentos jovens concluintes do programa Educação Básica articulada com o Ensino Profissionalizante (Ebep) participaram, nesta quarta-feira (26), do seminário Da Escola para o Mundo do Trabalho, que encerrou as atividades do projeto Talentos e Oportunidades no ano. O evento, realizado pelo SESI/PE, no auditório da Casa da Indústria,  orientou os estudantes sobre o mercado de trabalho no setor industrial, o perfil profissional que as empresas procuram e os direitos e deveres trabalhistas.

A assessora especial da Secretaria estadual de Trabalho, Qualificação e Emprego (STQE), Angella Mochel, explicou o que é uma cadeia produtiva, as oportunidades dos seis polos industriais já existentes no Estado e as do que está chegando no Agreste, voltado à produção de energia eólica. A coordenadora de seleção da Impsa, Conceição Rocha, elucidou que os jovens devem investir em formação técnica sólida, boa base teórica e postura adequada para superar o dilema da falta de experiência profissional na hora de disputar uma vaga. Como exemplo, Rocha trouxe Jemina, ex-aluna do curso técnico de eletromecânica do SENAI, que foi jovem aprendiz da empresa e hoje é técnica de planejamento, efetivada há um ano na Impsa. Já a auditora fiscal do trabalho, Simone Brasil, abordou o papel de colaboradores e das empresas nas relações trabalhistas.

"Para mim, todo mundo deveria ter uma oportunidade como essa, porque assim a gente fica mais preparado para os desafios do mercado", afirmou a estudante do curso de Produção de Moda do SESI Paratibe, Bruna de Souza, 18 anos. Ratificando as palavras da aluna, Mochel disse que "essa iniciativa é um sonho, é inovar na educação, porque dialoga com os jovens e aponta caminhos para eles. Seria excelente se todo jovem pernambucano tivesse acesso a algo parecido".

Foco no trabalho – O projeto Talentos e Oportunidades é uma iniciativa do SESI/PE para desenvolver as competências comportamentais dos jovens do Ebep e inseri-los no mercado de trabalho. Integra o programa Educação para o Mundo do Trabalho, do Conselho Nacional, e capacitou cerca de 320 estudantes da Região Metropolitana do Recife, Caruaru, Araripina e Petrolina. "É um esforço para suprir a indústria pernambucana com mão de obra integralmente qualificada", avalia a coordenadora da ação, Maria José da Silva.​ Confira abaixo as apresentações das palestras:

- STQE

- IMPSA

- MTE