10/12/2018

​​Depois de dois dias intensos de aprendizado, disputas e trabalho coletivo durante a etapa regional do Torneio SESI de Robótica First LEGO League, seis equipes se classificaram para a etapa nacional do campeonato: New Atom, Visão Elétrons Bot, Legonautas, Legomito, Lego Bulls Fll e The Best. Realizado pelo SESI-PE, o evento aconteceu no sábado (8) e domingo (9), na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE),

Com o tema Into Orbit, a temporada 2018/2019 desafiou 400 crianças e jovens de 9 a 16 anos de Pernambuco, da Paraíba e do Ceará a encontrarem soluções inovadoras para ajudar na estadia e no bem-estar dos astronautas no espaço.

Vencedora pelo 3º ano consecutivo da etapa regional, a equipe New Atom, formada por alunos do SESI Ibura, propôs uma solução inovadora para a problemática da ausência de recursos alimentícios frescos, saborosos e de teor nutricional compatíveis com o ambiente espacial e levou o troféu de 1º lugar na competição. "Os astronautas comem bastante comida enlatada e, para melhorar a alimentação e, consequentemente, a respiração deles, desenvolvemos uma estufa com sistema de iluminação de LED e irrigação autônoma que permite o cultivo de alimentos em órbita", contou o estudante João Victor Arruda, da 8º série.

Batizado de Deméter, em homenagem a deusa grega da colheita e da agricultura, o projeto possibilita o cultivo de hortaliças do Nordeste, como o bredo, e oferece alternativas de sustentabilidade e diversidade de plantio. O resultado da classificação para a fase nacional, marcada para março, no Rio de Janeiro, foi recebido com alegria e sentimento de dever cumprido. "Recebemos a notícia com muita euforia e felicidade. Tivermos um longo processo de pesquisa, desenvolvimento do projeto, produção de protótipo e afinação da equipe. Para a próxima etapa, vamos reavaliar os pontos que precisamos aprimorar e melhorar", destacou o professor do SESI Ibura, Jonas Bispo.​​

A equipe Legonautas veio diretamente da cidade de Patos, na Paraíba, e conquistou o 3º lugar. Através do projeto Life in Microgravity, que consistiu em idealizar um traje adequado para erradicar os efeitos da diferença gravitacional no corpo do astronauta durante as viagens especiais de longa duração, os Legonautas criaram um macacão a base de elastano que diminui os efeitos da microgravidade por meio de compressões no sistema de oclusão.

No total, 40 equipes de escolas públicas e particulares participaram do Torneio SESI de Robótica First LEGO League e desenvolveram projetos para contribuir com as pesquisas espaciais, mostrando capacidade de inovação, criatividade e raciocínio lógico, nas categorias desafio do robô, design do robô, projeto de pesquisa e valores.

"Avalio a edição do Torneio deste ano como extraordinária. O futuro da indústria e do conhecimento vai partir da robótica. Por esse motivo, o SESI faz questão de investir nessa área, abrir a mente dos alunos e prepará-los para o mercado de trabalho", comentou a Diretora do SESI, Eveline Remigio.  

Na cerimônia de encerramento, todos os participantes foram premiados com medalhas de participação e as três primeiras equipes no ranking geral ganharam um troféu LEGO. Também foram entregues prêmios nas categorias gracious professionalism, trabalho em equipe, inspiração, estratégia e inovação, programação, design mecânico, apresentação de pesquisa, solução inovadora, projeto de pesquisa, desempenho do robô, desafio do robô, técnico destaque, voluntario destaque e estrela iniciante.