17/10/2019

​​​​Uma parceria entre o SESI-PE e a Baterias Moura está oferecendo para a população de Belo Jardim uma nova chance de concluir a educação básica. No dia 16 de outubro, mais de 30 pessoas retornaram a sala de aula para dar início a duas novas turmas da Educação de Jovens e Adultos (EJA), nos turnos da manhã e da noite, que trarão conhecimentos nas áreas de linguagens, ciências da natureza, matemática e humanas a quem precisou interromper a formação escolar no passado.

Entre os 30 alunos está Edileusa Maciel, 44 anos, sonhava em voltar aos estudos desde que interrompeu o ensino fundamental. "Minha vida sempre foi cuidar dos meus filhos, da minha casa e do meu marido, que é funcionário da Moura, e me falou da turma. Uma colega se inscreveu e estará nas aulas junto comigo. Sempre pensei em voltar a estudar, esperei meus filhos crescerem um pouco e serem mais independentes. Tenho três, duas estão na escola e um deles na faculdade. Eu não sabia ensinar a minha pequena, que fez 11 anos, e me sentia mal por isso", explica. Edileusa tem o sonho de ser médica veterinária e ressaltou que concluir o ensino médio vai ajudá-la a conquistar esse objetivo.

Depoimentos como o de Edileusa reforçam a importância da parceria entre o SESI e a Moura para a região. "Esta parceria está totalmente dentro da missão e da visão do SESI enquanto instituição. É gratificante ver que estamos trazendo educação não só para a indústria como para a comunidade e que estamos dando oportunidade, posteriormente, de inserir essas pessoas no mercado de trabalho com muito mais facilidade", enfatiza a superintendente do SESI, Claudia Cartaxo.

Esta será a primeira turma EJA para comunidade por demanda da indústria. "Foi uma solicitação da Moura e, pela parceria que temos, nós abrimos a nova EJA para comunidade. É uma modalidade gratuita, então o aluno não tem nenhuma despesa. É fundamental que os inscritos entendam que isso é apenas o começo, eles podem ganhar o mundo a partir daqui. Quando concluírem o ensino médio, poderão, futuramente, participar de cursos técnicos do SENAI e ingressar no ensino superior", explica a gerente de Educação do SESI-PE, Mirella Barreto.

"A Moura tem como filosofia acreditar que a educação transforma as pessoas e a sociedade. Ter essa parceria com o SESI, viabilizando a extensão desse acesso à educação para comunidade, é algo transformador, que oferece um ensino de qualidade para pessoas que por uma infinidade de histórias tiverem seu processo educacional interrompido. São mais de 30 histórias que serão recomeçadas. Estamos ansiosos para que essas pessoas que estão começando uma nova trajetória possam, quem sabe, fazer parte da nossa empresa", ressalta gerente de pessoas do Grupo Moura, Osenir Virlândio.

Toda a estrutura do SESI Belo Jardim está à disposição dos alunos. Às sexta-feiras, com suporte técnico adequado, os estudantes que não tiverem acesso à internet poderão acessar os computadores da unidade. "Para as pessoas que não tiveram acesso à escola no passado ou que deixaram essa oportunidade para trás, a EJA tem sido uma oportunidade real de mudança de vida e nós do SESI Belo Jardim ficamos muito felizes em fazer parte dessa história, em oportunizar a conclusão do ensino médio em um ambiente preparado para isso. Iniciamos mais uma história de sucesso com uma turma de EJA exclusiva para atendimento à comunidade", disse o gerente do SESI Belo Jardim, Ed-Eky Dantas.