08/01/2015

​Novas turmas de EJA abertas em todo o Estado​

Investir na escolaridade do trabalhador traz ganhos em dobro: para a empresa, que passa a contar com um profissional mais qualificado e produtivo; e para o funcionário que, além de adquirir mais conhecimento, aumenta as chances de crescer na carreira. Até 31 de janeiro, o SESI/PE está com matrículas abertas para quem deseja trilhar esse caminho e retomar os estudos em 2015, através da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Há vagas nas unidades de Casa Amarela, Ibura, Centro de Ensino Supletivo (CES), Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e Cabo de Santo Agostinho, no Recife e Região Metropolitana; Goiana, na Zona da Mata; Caruaru e Belo Jardim, no Agreste; e Petrolina, no Sertão.  As aulas acontecem no período noturno, de segunda à sexta-feira. Em Jaboatão, também há vagas pela manhã.

Outra opção é a abertura de turmas dentro da própria empresa, em qualquer época do ano. O fato das aulas serem ministradas no próprio ambiente corporativo estimula a adesão dos funcionários, que não precisam se deslocar do local de trabalho para estudar. "Umas das principais vantagens da EJA é que o aluno conquista o diploma muito mais rápido, sem abrir mão da qualidade do ensino. São apenas dois anos para concluir o Ensino Fundamental (I ou II) e 18 meses para o Médio", explica a analista de educação do SESI/PE, Noêmia Fortunato.

Documentação - Para cursar o Ensino Fundamental I ou II, o aluno deve ter, pelo menos, 15 anos completos. Já para o Ensino Médio, a idade mínima é de 18 anos. Para efetivar a matrícula nas unidades, é preciso apresentar: duas fotos 3 x 4, cópias da carteira de identidade, do CPF, da certidão de nascimento ou casamento e de um comprovante de residência; documento original ou cópia autenticada do Histórico Escolar do Ensino Fundamental I, para aqueles que irão cursar o Ensino Fundamental II; e da ficha 18, que comprova a conclusão do Ensino Fundamental II, para aqueles que irão cursar o Ensino Médio.