02/12/2015

​Jogos Industriais mobilizam setor produtivo de Pernambuco


O setor produtivo pernambucano celebrou, nos dias 21 e 22, os grandes vencedores dos Jogos Industriais do SESI. Os campeões do torneio alcançaram o lugar mais alto do pódio das oito modalidades depois de competir com mais de 2 mil trabalhadores de todo o Estado, nas etapas municipais e estadual. As finais da 36ª edição dos Jogos ocorreram no Centro Esportivo Santos Dumont (atletismo); no Sport Club do Recife (tênis de campo) e no SESI Paulista (demais categorias individuais e coletivas). A competição confirmou o favoritismo de algumas das 109 empresas participantes e o surgimento de novos talentos.

Nos esportes coletivos, a Turquesa conquistou o tricampeonato no futsal masculino e as equipes do Estaleiro Atlântico Sul (EAS) mostraram que são realmente boas de bola. Eles levaram para casa o bicampeonato no futebol de campo e no master masculino, ganharam a prata no futsal feminino e o bronze no voleibol de areia masculino. Ainda no voleibol de areia masculino a Rota do Mar mostrou a força do Agreste ao arrebatar o ouro da Musashi, que ficou com a prata.

Nas modalidades individuais, a Acumuladores Moura e a Bombril fizeram uma disputa acirrada pelo primeiro lugar geral do atletismo. Enquanto nas provas masculinas, a representante do Agreste levou a melhor, nas femininas foi a Bombril que se destacou. A Chesf manteve a hegemonia nas piscinas, onde alcançou o bicampeonato nas categorias masculina e feminina. A Companhia também foi bicampeã no xadrez pensado.

INTERIOR - As indústrias do interior do Estado também mostraram seu valor. Da Zona da Mata, a Mondelez ganhou o ouro no arremesso de peso, quatro bronzes no atletismo masculino para atletas acima de 30 anos e o terceiro lugar do futsal masculino, e a Vivix foi a vencedora do tênis de campo masculino na categoria absoluto. Do Sertão, a Barbosa e Barbosa, de Petrolina, obteve a prata no futebol de campo e o bronze no arremesso de peso masculino para atletas acima de 30 anos. A Catarina Gesso, de Trindade, no Araripe, ficou com a prata no futsal masculino. Também do Araripe surgiu o atleta revelação do torneio: o Francisco da Silva, que trabalha na Companhia Têxtil. Ele desbancou nomes de peso nas eliminatórias municipais, e conseguiu atingir o segundo lugar nos 200m e a terceira colocação nos 100m para atletas masculinos acima de 16 anos.

Segundo a gerente de Qualidade de Vida do SESI/PE, Lígia Sacramento, "mais do que uma competição esportiva, os Jogos Industriais são uma estratégia para promover o estilo de vida saudável entre os trabalhadores da indústria, tornando-os mais produtivos e engajados em suas organizações". Aspecto ratificado pelos representantes das indústrias participantes e resumido no depoimento da gerente de Comunicação e Responsabilidade Social do EAS, Fátima Brandão, "participar dos Jogos aumenta a integração de nossa equipe, que é muito grande, melhorando o clima organizacional. Também contribui para a competitividade da empresa, levando os colaboradores a serem mais comprometidos em atingir o resultado".

Confira o resultado integral da competição aqui.