11/08/2014

​​​​Industriários trocam alianças no 11º Casamento Coletivo 

​O pedreiro Janaílton Cipriano da Silva (37) era o primeiro da fila de 96 noivos que aguardam ansiosos, ontem (10), o momento ver suas companheiras vestidas de branco. Depois de 19​​ anos de convivência e seis filhos, Janaílton e Adriana Alves dos Santos (35) conseguiram, enfim, concretizar o sonho de oficializar a união do religioso, com direito a recepção, fotografia e até lua-de-​​​mel. A troca de alianças foi realizada no SESI do Ibura, durante a 11ª edição do Casamento Coletivo.

Promovido pelo SESI, em parceria com o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Pernambuco (Sinduscon/PE) e o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e Pesada (Marreta), o evento é uma forma de valorizar o trabalhador da indústria, setor que mais contribui para o desenvolvimento econômico do Estado.  Todos os casais são formados por industriários do segmento e não pagam nada para casar "como manda o figurino".

Assim como Janaílton e Adriana, a maior parte dos noivos já vive em união estável há anos, mas nunca teve condições de arcar com os altos custos de uma festa de casamento. "Moramos juntos há 13 anos e sempre comentava com meu esposo como achava lindo casar, vestida de branco, com buquê. Um dia, ele che​gou em casa e disse que iria realizar o meu sonho. Nem tenho como explicar a emoção que estou sentindo agora", contou a dona de casa Iranilda Barbosa (43), companheira do armador Luiz Carlos Barbosa (43), minutos antes de subir ao altar.

Presente à cerimônia ecumênica, o superintendente do SESI/PE, Ernane Aguiar, destacou a importância da parceria de 11 anos com o Sinduscon e Marreta. "É gratificante ver a felicidade estampada nos rostos desses casais. Estamos estudando a possibilidade de realizar, ainda este ano, uma nova edição do Casamento Coletivo, em Caruaru. Nossa ideia é beneficiar um número ainda maior de industriários", adiantou.

 Após a celebração, os casais seguiram para lua-de-mel no Hotel Fazenda Portal de Gravatá, no Agreste do Estado