17/12/2013

Industriários perdem mais de 100kg​


Lançado este ano pelo SESI/PE, o programa Alimentação Saudável na Indústria já contabiliza resultados positivos. Em apenas seis meses, 72 trabalhadores da Gerdau Açonorte perderam, juntos, mais de 100 quilos na balança. Vitória conquistada através da mudança dos hábitos alimentares e o do estilo de vida, tanto dentro quanto fora da empresa. Uma verdadeira transformação na saúde e qualidade de vida dos industriários.

Desde agosto, uma nutricionista do SESI vem acompanhando, dentro da organização, a dieta e a saúde de 72 trabalhadores com fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes e hipertensão. "Além de emagrecer, os operários ´pegaram gosto´ pela alimentação balanceada e, agora, comem frutas e verduras diariamente", comemora a nutricionista responsável, Lídia Ramos.

A ideia do programa, desenvolvido de forma piloto na Gerdau, é justamente mudar os hábitos alimentares e o estilo sedentário dos industriários pernambucanos, contribuindo para o aumento da produtividade na empresa.  As ações vão além do acompanhamento clínico nutricional ao grupo de risco, que passa por consultas quinzenais ou mensais com a nutricionista. "Todos os 750 funcionários são beneficiados através de palestras, oficinas e cursos, onde são passadas informações sobre alimentação saudável, combate à obesidade e saúde do coração", explica Ramos.

Para o superintendente do SESI/PE, Ernane Aguiar, o Alimentação Saudável na Indústria reforça o compromisso da entidade em oferecer às empresas soluções que promovam a saúde do trabalhador e, ao mesmo tempo, tragam rebatimentos positivos para a produtividade dessas organizações. "Estamos satisfeitos em ver a evolução desses trabalhadores", completou.