01/03/2016

Alunos do SESI são certificados em programa contra as drogas


Uma turma de 74 alunos do ViraVira foram certificados no projeto Construindo Caminhos, do eixo de Inserção Produtiva e Ressocialização da Secretaria de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas da Prefeitura do Recife (Secod). A cerimônia de conclusão ocorreu na segunda-feira (29), na Casa da Indústria, no Recife. Os títulos foram entregues pela secretária de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas do Recife, Aline Mariano, e pela gerente do Centro de Ensino Supletivo do SESI (CES), Jacqueline Costa.


Quem vive o dia a dia das periferias, consegue enxergar as dificuldades sociais e econômicas que empurram os jovens para o consumo e compra e venda de drogas.  A estudante Arielly Makezzyn, 19 anos, com nome de batismo de Degeilton Silva, foi uma das jovens em situação de vulnerabilidade social formadas pelo projeto. “Já tinha o curso de vendas pelo SENAC e agora me aperfeiçoei na técnica. Isso é muito importante para a minha carreira porque trabalho com maquiagem e cabelo em um salão, e preciso convencer as minhas clientes a acreditar no meu trabalho”, explica.


Arielly também concluiu o curso ViraVida do SESI, em 2015. Já tem no currículo o curso de montagem e reparação de computadores, introdução a um novo idioma, o inglês, e informática básica. “A gente, muitas vezes, procura uma saída para nossa situação difícil e não acha. O ViraVida abre nossos olhos e faz a gente enxergar uma oportunidade dentro da nossa rotina”, diz animada. O ViraVida é o programa do Sesi que oferece cursos de educação básica e profissionalizante para jovens de 16 a 21 anos, que estejam em situação de violação de direitos.


 O Construindo Caminhos é um conjunto de intervenções para jovens em situação de vulnerabilidade social e visa a inserção no mercado de trabalho e o desenvolvimento de ferramentas para o empreendedorismo. A iniciativa também cria bancos de dados de jovens capacitados para o mercado de trabalho, no intuito de contribuir para enfrentar a vulnerabilidade social através do incentivo à profissionalização. Desde que a Secod foi criada, há um ano, já foram capacitados 113 jovens no projeto Construindo Caminhos, sendo 13 inseridos no mercado de trabalho.


"É preciso assumir um papel de protagonismo, abraçar essa responsabilidade social. Se as políticas caminharem juntas, e de forma integrada, têm mais chances de dar certo. A parceria entre sociedade civil e governo é um dos principais componentes para que o trabalho seja desenvolvido em sua plenitude. Assim colheremos bons resultados", enfatiza a secretária de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas, Aline Mariano.