02/03/2018

​Escolas do SESI/PE aprovam mais de 500 alunos no vestibular 


A Rede SESI/PE de Educação comemora o resultado positivo conquistado pelos seus alunos no vestibular. Ao todo, 512 estudantes foram aprovados em cursos universitários do País e do exterior, a melhor marca já obtida pelo grupo. Mas a boa notícia para o setor produtivo é que 68% desses jovens optaram por carreiras ligadas às ciências e tecnologia, cujas atuações contribuem para o desenvolvimento da indústria.

"Ficamos bastante gratificados com esses resultados, pois demonstra o talento de nossos alunos e o bom trabalho desenvolvido pelas equipes pedagógicas do SESI que têm atuado fortemente para despertar o espírito científico dos jovens com foco na preparação da futura mão de obra para a indústria”, afirma o superintendente do SESI/PE, Nilo Simões. 

Para se ter uma ideia, a maior parte dos estudantes (37%) foram aprovados em vestibulares da área de Exatas. A escola do Cabo foi a que mais inseriu alunos neste campo (53%), tais como Selton Lima, que foi o 6º colocado no curso de Engenharia Civil da Universidade Federal de Pernambuco, Vitória Carvalho, 8º lugar em Engenharia de Produção na mesma universidade, e Douglas de Farias, 9º lugar em Engenharia Elétrica da UFPE, entre outros. O estudante Selton Lima agradeceu à entidade “o SESI me ajudou em minhas conquistas, sempre me deu muita estrutura e me ensinou o caminho”. 

DESEMPENHO - O superintendente ressaltou ainda que a Rede composta por 12 colégios é o maior grupo de Educação particular de Pernambuco e inserir 70% dos concluintes no ensino superior é um feito que também repercute positivamente para o progresso da sociedade como um todo. Metade das escolas da rede conseguiram aprovar mais de 70% de seus alunos nos vestibulares, com destaque para os índices do Ibura, na capital, que obteve a maior aprovação do grupo, ou seja, 96% dos seus alunos foram aprovados em cursos de nível superior e Caruaru, no interior, com 89% de aprovação.

Além da unidade do Cabo ter sido a escola do grupo que mais inseriu estudantes em Exatas (53%), Escada teve a maior taxa em Saúde (53%) e Petrolina o maior índice em Humanas (45%). “O melhor de tudo é que os resultados da Rede também apontam para qualidade da Educação oferecida pelo SESI/PE, uma vez que nossos alunos obtiveram colocações importantes nos melhores vestibulares do país”, disse o diretor regional do SESI/PE, Ricardo Essinger, lembrando as aprovações nas Universidades Federais de Pernambuco, Mato Grosso, Paraíba, Alagoas, Piauí, e outras de renome no Estado, no Ceará e São Paulo.

Outros exemplos na área de Saúde, foi a aluna Laryssa Gomes, concluinte de Paulista, ficou em 9º lugar em Medicina na Universidade de Pernambuco (UPE) e Samuel Calado, do Ibura, o 1º colocado em Medicina na Universidade Maurício de Nassau (Uninassau). Em Humanas, Lucas Lopes, também do Ibura, foi o 1º lugar em Direito, na Uninassau.