31/03/2020

​​​​​O SESI Mustardinha, localizado no bairro homônimo, será transformado em um centro de saúde que oferecerá serviços na ​​área para desafogar os hospitais públicos da capital pernambucana devido aos casos confirmados de coronavírus​. A concessão do espaço do SESI-PE à Prefeitura do Recife foi realizada no dia 31 de março e valerá por 12 meses.​

Construído em uma área aproximada de 2.400 metros quadrados, o SESI Mustardinha possui três andares e foi desativado em 11 de março. A entrega da chave foi feita pelo gerente de Operações do SESI-PE, Alexandre Pacheco, ao diretor executivo de Articulação e Infraestrutura da Secretaria de Saúde da Prefeitura do Recife, Rodrigo Molina. Toda a estrutura poderá ser provisoriamente adequada pelo governo municipal para transformar o local em um complexo de saúde. De acordo com Molina, a expectativa é que o local comece a operar em 30 dias.


Sempre em busca de promover a saúde e o bem-estar da sociedade pernambucana, o SESI-PE disponibilizará também um equipamento de raio x. A superintendente do SESI-PE, Cláudia Cartaxo, explica que a iniciativa é uma das ações adotadas pela instituição para ajudar no combate à doença na capital pernambucana. “Pensar na saúde do trabalhador e criar estratégias com o intuito de fomentar a sua qualidade de vida é um dos nossos compromissos. Por isso, firmamos essa parceria com a Prefeitura do Recife para que as pessoas acometidas pelo Covid-19 sejam tratadas em um ambiente seguro e retornem saudáveis ao convívio social após a quarentena acabar”, contou.


A disseminação do coronavírus (Covid-19) colocou o mundo em alerta devido ao ritmo de crescimento do número de casos. Em Pernambuco, até a tarde de 31 de março, foram registrados 87 casos, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde.